Obs.: você está visualizando a versão para impressão desta página.
Voltar ao topoVer em Libras

Missão

Fornecer com excelência informações atuais, precisas, preservando a confidencialidade com foco na rentabilidade.

Visão 2030

Ser referência global em benchmarking no agronegócio.

Menu principal

Grãos mais caros e menor exportação de frango reduzem margem de produtor

  1. Início
  2. Notícias
  3. Geral
  4. Grãos mais caros e menor exportação de frango reduzem margem de produtor

« Mais recente🔀Categoria:Geral

O milho, insumo usado na alimentação das aves, teve a maior subida de preço.
A alta nos preços de grãos, que pressionam o custo de produção do frango, e as restrições à exportação da carne à União Europeia, que aumentam o volume disponível no mercado interno, têm reduzido as margens dos produtores.

O milho teve a maior subida. A média de preço da saca foi R$ 28,65 em 2017, segundo a Agri Stats. Hoje, é R$ 41.
"O preço estava baixo graças à supersafra. Para este ano, os produtores plantaram menos, e a produção veio pequena, o que valorizou os grãos”, diz Geraldo Broering, gerente-geral da consultoria. 
"A soja subiu 15% em 90 dias. Nosso custo foi a R$ 2,40 por quilo e teve a redução de exportações [restrição da venda de frango da BRF à UE]”, diz Dilvo Grolli, presidente da  Coopavel, de Cascavel (PR). 
A cooperativa cortará em 10% a produção diária de aves, hoje de 230 mil, no semestre. 
A estimativa é que os preços das commodities estabilizem com a safra do meio o ano.


Mercado Aberto: Maria Cristina Frias, jornalista, edita a coluna Mercado Aberto, sobre macroeconomia, negócios e vida empresarial.
🛈ImprimirReportar erroTags:mercado, produção, preço, teve, aberto, diz e ano1921 min. para ler


Fonte:https://www1.folha.uol.com.br/colunas/mercadoaberto/2018/03/em-meio-a-crise-imobiliaria-no-rj-tegra-investe-r-300-milhoes-em-terrenos.shtml

Guardamos estatísticas de uso e utilizamos cookies para melhorar a sua experiência. Saiba mais em nossa política de uso.